Deputado Delegado Eduardo Prado representa contra prefeito e pede o fim de eventos públicos

O deputado estadual Delegado Eduardo Prado requereu do procurador-geral Aylton Vechi investigação e medidas cabíveis sobre as inaugurações que o prefeito Iris Rezende tem realizado durante a pandemia.
Segundo Prado, Iris tem descumprido as exigências sanitárias necessárias para evitar a disseminação da Covid-19, o seu próprio Decreto e realizando gastos com eventos políticos nesse momento de crise. “O prefeito está fora da realidade. A principal medida para evitar a contaminação é a não aglomeração. No entanto, a inauguração da Praça do Cruzeiro é um exemplo de que o gestor está indo na contramão das determinações sanitárias e decreto de sua autoria, causando aglomerações. Que o prefeito inaugure obras, mas montar palco, som, discursos, Telão de LED há poucos metros da Clínica do Esporte, onde 30 pessoas estão lutando pela vida na UTI com COVID-19, é crime !”, diz Prado.
O deputado afirma que é necessário analisar os aspectos penais envolvidos e tomar
as medidas cabíveis, pois o erro advindo de um líder pode incentivar outros cidadãos
e, consequentemente, piorar o cenário atual.
Prado também requereu a proibição desses eventos públicos que causam aglomeração,
além da obrigatoriedade do uso de máscara facial em todos os espaços coletivos.