AD

Léo Canhoto, cantor e compositor sertanejo, morre aos 84 anos

Autor de “Apartamento 37” e “O Último Julgamento”, Léo Canhoto morreu aos 84 anos de idade. Ele foi pioneiro no uso de guitarras e teclados na música sertaneja. O artista estava internado há três semanas por causa de uma pneumonia, e sofreu três paradas cardíacas.

Dino Tomas, que estava tocando com ele nos últimos anos, foi quem confirmou a morte do amigo. Léo Canhoto nasceu em Anhumas, interior de São Paulo, mas foi criado no Paraná. Ele ganhou esse apelido porque trocou as cordas do violão para que tocasse com a mão esquerda.

Léo Canhoto fez dupla com Robertinho, e lançou diversos sucessos nos anos 1970.