AD

Governo amplia testagem da Covid com coletas em cinco unidades de saúde de Goiânia

Com quase de 16 mil cadastrados em apenas uma semana, o aplicativo Dados do Bem, lançado pelo Governo de Goiás como estratégia para ampliar a testagem de casos suspeitos de Covid-19, já começou a notificar as pessoas que responderam ao questionário disponível na ferramenta e que apresentam sintomas da doença.
A coleta terá início por Goiânia, onde estão nove mil desse universo de quase 16 mil registros, no Hospital de Campanha instalado no Parque Santa Rita. A previsão é que, ainda esta semana, outras quatro unidades de saúde da capital, sob a responsabilidade da Prefeitura, recebam a população indicada para fazer o RT-PCR.
O governador Ronaldo Caiado explica que o projeto estende-se, a partir de agora, para outras 19 prefeituras, além da capital, que já firmaram convênio com o Governo de Goiás para ampliar a realização da testagem e promover o isolamento dos pacientes com confirmação de infecção pelo novo coronavírus. Somente no Hcamp de Goiânia, a capacidade é de 140 coletas por dia e o exame deve ser agendado, entre 8h e 17 horas, para evitar aglomeração de pessoas no local.
Atualmente, a Saúde de Estado da Saúde realiza de 250 a 400 testes por dia, pelo Laboratório Central de Saúde Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen), em Goiânia. Com o Dados do Bem, deve realizar, na primeira semana, de 500 a mil testes diários ou mais. Gradativamente, o processamento dos exames será ampliado, podendo chegar a mais de 4 mil testes por dia.
“Vamos poder agora acompanhar a trajetória do vírus e isolar as pessoas que deram positivo, junto com aqueles que estão próximos a ela. Assim, teremos uma capacidade de diminuir a velocidade de contaminação e monitorar essas pessoas”, esclareceu Caiado.
O governador ainda destacou que a meta é alcançar 78 municípios, que foram pré-selecionados pela Secretaria Estadual da Saúde (SES) em razão da situação epidemiológica. A adesão das prefeituras é fundamental para que os agentes comunitários e assistentes sociais de cada cidade possam fazer o acompanhamento dos pacientes que foram isolados.