Novo Hospital Municipal de Sanclerlândia terá ala exclusiva para pacientes com covid-19

O prefeito de Sanclerlândia, Itamar Leão (PSDB), inaugura na terça-feira (4), às 19h30, a reforma do Hospital Municipal Olívio Rodrigues de Mendonça. Com 23 leitos – cinco apartamentos e 18 em enfermaria –, a unidade conta com uma ala exclusiva para receber pacientes infectados com a Covid-19, com seis leitos e três ventiladores mecânicos.

A obra recebeu R$ 1,2 milhão em investimentos oriundos do Tesouro municipal. Outros R$ 1,7 milhões, recebidos do Governo Federal, foram utilizados para equipar o hospital com respiradores mecânicos, autoclave, bisturis elétricos, aparelhos de raio-x digital com impressora, monitores cardíacos para situações de emergência e um gerador de energia, para o caso da falta de energia na rede elétrica.

Itamar Leão explica que, a partir de agora, serão novamente possíveis a realização de cirurgias e as consultas com ortopedistas. “Sanclerlândia conta atualmente com três respiradores mecânicos, mesma quantidade de algumas cidades de grande porte aqui de Goiás”, informou. “Instalamos também o que chamamos de rede lógica, que é um sistema operado por nosso departamento de TI, que vai interligar 100% dos setores do hospital, como prontuários eletrônicos ligados à rede SUS, câmeras de segurança, controle de medicamentos da farmácia e até a campainha de emergência que fica ao lado de cada leito”, enumerou o prefeito, que anunciou também a contratação de seguranças para o hospital, com objetivo de aumentar o nível de proteção de pacientes e servidores.

“Toda essa empreitada só foi possível graças à Câmara Municipal, pela celeridade com que tratou os projetos relativos à obra, e também às verbas destinadas pelo ex-deputado federal, Thiago Peixoto, e pelo deputado federal Lucas Vergílio (Solidariedade), que foram de grande valia para que pudéssemos equipar nosso hospital”, agradeceu o prefeito.