Lêda Borges diz estar com pneumonia e se emociona ao relatar sofrimento com covid-19

Curada de covid-19, a deputada Lêda Borges (PSDB) relatou emocionada nesta terça-feira (4) os transtornos da doença e agradeceu as orações pela melhora de sua  saúde.
“Por convivermos muito, a gente sente falta dos colegas deputados. Não foi fácil vencer essa luta, pois desde 10 de julho me sentia mal. Fiquei mais de 20 dias envolvida com esse vírus letal e acabei desenvolvendo uma pneumonia que afetou 25% de meus pulmões. Mesmo ele (o vírus) já tendo ido embora do meu corpo, tive muita diárreia, dor nas costas, dor de cabeça e a sensação de que teria que ir para o hospital a qualquer momento. O que mais nos atrapalha é a nossa cabeça. Eu ficava ali de olho no oxímetro e achava que a qualquer momento iria parar no hospital”, afirmou.
Lêda diz que o susto ainda não passou. “Ainda estou assustada e com medo, mas já melhorei muito. Só mesmo Deus para nos livrar de todo mal. Os doutores Silvio Fernandes e Walter Fiorotto não descuidaram de mim em nenhum momento. Fiz quatro tomografias e quatro hemogramas. Fiz dois exames RT-PCRs. Por isso o protocolo é tão importante, e por isso a testagem em massa é fundamental, por isso o isolamento é essencial”, assinalou.Lêda ainda alertou para que as pessoas não deixem de procurar assistência na hora certa. “Porque se deixar para cuidar no momento grave, às vezes não tem mais solução. Eu retorno ao cotidiano aqui bem mais sensível do que antes, eu vejo o sofrimento alheio e sei que muitos não têm condições de sobreviver. Lá em Cristalina, a gente viu várias pessoas da mesma família morrendo, é sofrimento demais, as autoridades precisavam sentir mais a dor do outro”, concluiu.