Alexandre Baldy na Folha de S.Paulo: “Fui violado no meu direito de defesa”

Em entrevista de página inteira à jornalista Mônica Bergamo, na edição desta terça-feira (11) da Folha de S.Paulo, o ex-ministro e secretário licenciado de Trasportes do Governo de São Paulo, Alexandre Baldy, asssinala que foi violado no seu direito de defesa ao ser preso na semana passada na Operação Dardanários, desdobramento da Lava Jato.

Formado em Direito pela PUC-GO, Baldy afirma que nunca participou de ilicitudes e vai provar sua inocência. Depois de ser deputado federal e ocupar cargos de relevância, o empresário de 40 anos sublinha que o momento é de refletir se vale a pena continuar na vida pública.

Leia a íntegra da entrevista: