Com 65 mil amostras RT-PCR coletadas, Aparecida já testou mais de 11% da população

Aparecida já testa mais a sua população, em números proporcionais, do que Goiânia, Goiás e o Brasil. Com 65.828 exames somente do tipo RT-PCR realizados até esta terça-feira (11), a cidade testou 11,3% dos 578.179 moradores locais, alcançando um índice de testagem que é mais que o dobro da capital (5,27%) e o triplo do Estado (2,75%) e do País (2,53%).

A comparação leva em conta os dados fornecidos pelas secretarias de Saúde de Aparecida, de Goiânia e do Estado de Goiás, e pelo Ministério da Saúde (MS). A capital informa ter realizado mais de 80 mil testes até esta segunda-feira (10), e o Estado, 193.682 até hoje. Segundo boletim epidemiológico do MS, o governo federal já forneceu 5.324.948 testes RT-PCR.

Em números absolutos, a quantidade de testes aplicados em Aparecida também é maior que a dos estados do Amapá (39.559 testes), Acre (52.282) e Tocantins, que no último relatório situacional, de 06 de agosto, contabilizava 40.984 amostras. E de grandes capitais brasileiras, como Aracajú-SE (51.618), Florianópolis-SC (27.014) e Vitória-ES (28.877), de acordo com os boletins epidemiológicos divulgados até esta quarta-feira.