A Redação: Wilder espera gerar “20 mil empregos” com reconstrução do Centro de Goiânia

Em entrevista exclusiva ao jornal A Redação, o ex-senador e ex-secretário de Indústria e Comércio de Goiás, Wilder Morais, agora pré-candidato a prefeito de Goiânia, afirmou que espera gerar, com sua proposta de reconstrução do Centro da capital, cerca de 20 mil postos de trabalho. “Nosso projeto é tornar o Setor Central em uma das principais referências de shopping aberto do País”, disse Wilder.
“Conheço o assunto e tenho muita clareza que essa ação vai beneficiar a população goianiense”, acrescentou o pré-candidato ao frisar que a reconstrução seria viabilizada em apenas “um ano e meio de gestão”. Na quarta (12), o ex-senador fez uma caminhada, acompanhado de especialistas, para discutir propostas de melhoria para o local.
Para Wilder, a experiência à frente da Secretaria Estadual de Indústria e Comércio (SIC), no governo Caiado, contribuiu para estreitar “ainda mais” sua relação com o setor produtivo. “Por ser empresário, eu tinha um contato maior com o setor produtivo. Mas o tempo como secretário foi essencial no fortalecimento dessa relação”, acrescentou.
Wilder Morais explicou que, à frente da SIC, um dos focos era a descentralização da economia no Estado. “Quero replicar o mesmo em Goiânia através do que entendemos como as sete divisões macroeconômicas da capital”, observou.
Segundo o pré-candidato, outro “importante” segmento goiano que merece atenção, por meio de políticas públicas, é o setor cultural. Para Wilder, os artistas de Goiás precisam de maior incentivo. “Se chegarmos à prefeitura, queremos investir na construção da cidade plural da cultura, abrindo oportunidades para o sertanejo, rock, música gospel, além de abrir espaço para artistas plásticos”, concluiu.