Wilder Morais: “Se Zezé não fosse gente, seria pássaro”

O ex-senador e pré-candidato a prefeito de Goiânia, Wilder Morais, postou texto em homenagem ao aniversário do cantor sertanejo Zezé Di Camargo nas redes socias. “Se Zezé não fosse gente, seria pássaro”, escreveu Wilder.

Confiira:

 

View this post on Instagram

@ZezeDiCamargo, se não fosse gente, seria pássaro. Uma ave de canto bonito, de tornar mais linda a floresta em que habita. Mas Zezé é gente e gente muito boa. É também ave que, quando solta a voz, ecoa nessa floresta encantada que é o coração das pessoas. É nele, no coração de cada um/a de nós, que habitam Zezé e sua voz inconfundível. Zezé um pioneiro da tecnologia. Desde os anos 1970, Zezé canta e os sorrisos se abrem — só muito depois os computadores puderam ser acionados pela voz. Se fosse “apenas” o som maravilhoso, já seria uma dádiva imensurável de Deus, que foi ainda mais generoso: deu-lhe também o dom de traduzir em palavras o que sentimos. Muitos têm público, Zezé tem amigos. Muitos conquistam audiência, Zezé conquista amizade. Público e audiência se desfazem, amizades são para sempre. Hoje é aniversário desse agregador, que junta todos no coração do tamanho das bênçãos dirigidas a ele por Deus — e elas são imensuráveis. Parabéns, meu amigo, meu cantor, meu compositor, que torna mais lindo este Brasil em que vivemos e mais feliz esta travessia exigida pelo viver.

A post shared by Wilder Morais (@wildermorais) on