José Nelto lamenta saída de Deltan Dallagnol e aponta desmonte da Lava Jato

O deputado federal José Nelto (Podemos) lamentou a saída do procurador Deltan Dallagnol da força tarefa da Lava Jato. “Perdemos um grande nome do combate à corrupção no Brasil”, assinalu.

Nelto observa que, apesar da saída de Deltan ter relação com a saúde da filha, o desmonte da Lava Jato é fato, o que demonstra a renúncia coletiva dos procuradores da operação sediados em São Paulo.

O parlamentar goiano ressalta que a Lava Jato, além de já ter recuperado R$ 4 bilhões desviados dos cofres públicos, pode reaver mais R$ 10 bilhões que escorreram pelo ralo da corrupção nos últimos anos no país.