Com Iso Moreira enrolado em denúncias de corrupção, Paulo Trabalho é o novo Leão do Nordeste Goiano

O nordeste goiano tem dois representantes na Assembleia Legislativa: Paulo Trabalho (PSL) e Iso Moreira (DEM). Os dois disputam palmo a palmo hegemonia política na região. Ou melhor: disputavam.

Na semana passada, Iso foi alvo da Operação Zaratustra, deflagrada pelo MP-GO para apurar corrupção na prefeitura de Alvorada do Norte que envolve a família Moreira.

Iso, que se intitula “O Leão do Nordeste”, teve seu gabinete na Assembleia vasculhado pela Polícia Civil e está sob investigação do MP, o que deve produzir graves arranhões  na sua imagem de homem público.

Com isso, quem é beneficiado é Paulo Trabalho, que brigava com Iso pelas bases eleitorais da região.

“Não quero tirar proveito dessa situação para fazer crescer o meu nome”, despista Paulo Trabalho, que já é apontado como novo “Leão do Nordeste”.

Iso se desgastou muito no episódio e há quen diga que até mesmo abandonará a política.

“Houve uma renovação nas últimas eleições e essas investigações contribuem para limpar a política. Aos poucos, vamos resgatar a imagem do bom político”, alfineta Paulo Trabalho.

Sobre as investigações, ele diz que, caso as ilicitudes sejam comprovadas, será “bastante lamentável para o Estado e para o Nordeste goiano”.