Maguito diz que vai ampliar investimentos e parcerias na segurança pública

O candidato a prefeito de Goiânia pela coligação Pra Goiânia Seguir Em Frente, Maguito Vilela (MDB), recebeu na noite de quinta-feira (1º) representantes de agentes da Segurança Pública, que declararam apoio ao projeto do emedebista e também fizeram questão de apresentar ideias para melhorar a segurança na capital, como reforço nas ações sociais do município e também uso estratégico da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e investimentos na área de tecnologia.

Ao agradecer a visita do grupo, acompanhado pelo deputado federal João Campos (Republicanos), Maguito destacou que sempre trabalhou em permanente diálogo, com união e trabalho conjunto com a sociedade civil e todas as instituições para melhorar a segurança. “Hoje Aparecida tem um Centro de Inteligência Tecnológico que é exemplo para todo o Brasil. Eu instalei as primeiras câmeras de segurança lá, o que diminuiu em 27% a criminalidade”, explicou o emedebista sobre o projeto que pretende replicar na capital, caso seja eleito.

Maguito também destacou a importância de criar aparelhos culturais e de lazer para que crianças e jovens criem laços com a comunidade e sigam no caminho do bem. Ele citou como exemplo o CEU das Artes, um espaço criado em sua gestão para melhorar a condição de crianças e adolescentes por meio do esporte e cultura e evitar que se envolvam com drogas e o mundo do crime. “Lá tem teatro, música, cinema, campo de futebol de areia, pista de corrida, estacionamento, pista de skate. É um espaço gigante que serve para que nossas crianças e jovens tenham inclusão social. Goiânia merece atenção especial nessa área”, afirmou.

O candidato a vice-prefeito, vereador Rogério Cruz (Republicanos), que trabalha como voluntário numa ONG que assiste jovens, disse que pretende apoiar Maguito a implantar políticas públicas eficientes para que crianças e jovens não cometam atos infracionais, além de ser um canal de diálogo permanente com as entidades representativas. “Nós queremos ouvir cada um para trabalharmos por uma Goiânia melhor e fazer com que a população entenda que o foco é sempre cuidar das pessoas. Eu tenho certeza que este trabalho em conjunto é que faz crescer o desempenho de nossa cidade de um modo geral, no social, na educação, na saúde, na segurança”, afirmou.

O presidente da Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado de Goiás (ADPEGO), Waldison de Paula Ribeiro, reconheceu o trabalho realizado por Maguito e se colocou à disposição para colaborar com o mandato. “Aparecida de Goiânia é quase um modelo de segurança pública para Goiás por causa do que já foi possível fazer. O que pode ser melhorado, estamos dispostos a apresentar ao senhor”, garantiu. O representante vai mostrar ao candidato um relatório para subsidiar a criação das ações de segurança em Goiânia.

José Virgílio, presidente da União Goiana dos Policiais Civis (UGOPOCI), sugeriu romper com um pensamento de gestão que entrega toda a responsabilidade da pauta ao Governo do Estado. Segundo ele, apesar de não ser competência das cidades, cabe ao gestor implantar ações dentro do que o compete para melhorar a vida da população. “Eu acho um equívoco quando se fala que o município não tem a ver com a segurança. É no município onde acontece tudo. Não há ninguém no mundo que consiga viver bem se não tiver a segurança ao lado. A segurança tem que estar presente também na gestão do governo municipal”, frisou.

A vice-presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás (Sinpol), Wania Cristina, pediu diálogo para que as políticas de segurança tragam resultados satisfatórios para a cidade. “Nenhuma política de segurança pública funciona sem diálogo. O que eu gostaria de propor é que seja sempre buscado o canal do diálogo”, registrou.

O deputado federal João Campos destacou as credenciais de Maguito Vilela, sobretudo o amplo conhecimento de gestão municipal, razão que “o goianiense vai querer continuar esta gestão que está dando certo” com Maguito.
Também participaram do encontro o presidente da Associação dos Profissionais em Papiloscopia do Estado de Goiás, Karlos Frederico Lourenço de Oliveira e o Delegado e Doutor em Ciências Jurídicas e Sociais, Edilson de Brito, além de diversas lideranças da Segurança Pública de Goiás.