Lêda Borges clama ao Governo de Goiás por mais leitos de UTI para o Entorno de Brasília

A deputada Lêda Borges (PSDB) clamou, uma vez mais, que o Governo de Goiás instale mais leitos de UTI na região do Entorno de Brasília. A parlamentar disse que a região, apesar de ter mais de 1 milhão de habitantes, está completamente abandonada das ações estaduais de combate à Covid-19. O discurso foi feito durante sessão remota da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), nesta quarta-feira (7).

Segundo a tucana, o único Hospital de Campanha instalado na região foi o de Águas Lindas, que, inclusive, já foi desativado. “A gente implora, implora, e nada. Estamos com o Entorno Sul apenas com alguns leitos em Luziânia. Venho pedindo há um ano um HCamp na cidade central do Entorno-Sul, que é Valparaíso, mas nem resposta eu obtive”, lamentou.

Lêda Borges ressaltou, ainda, que Valparaíso vive o pior momento da pandemia e classificou a situação como “catastrófica”. “Estamos perdendo pessoas por falta de leitos, por falta de insumos, por falta de oxigênio. É uma catástrofe onde eu moro. Estão morrendo 4,5 pessoas por dia. Estamos atingindo 250 óbitos só em Valparaíso”.

Ao final do discurso, a deputada pediu mais uma vez: “Vieram bilhões de reais para o estado e milhões para os municípios e nada de construírem UTIs na minha cidade. Eu clamo pelas UTIs no Entorno. Fica aqui a minha exigência a esse Governo”, solicitou.