Enrolação: obra anunciada pelo PT desde 2003 terá nova licitação. Será que agora sai?

O lenga-lenga vem desde 2003, quando o petista Pedro Wilson era prefeito de Goiânia. Passaram-se as duas administrações de Iris Rezende e nada. Veio Paulo Garcia e as obras do Parque Macambira-Anincus, anunciadas com estardalhaço a cada campanha eleitoral, não saíram do papel.

Agora, mais uma vez a prefeitura de Goiânia espera abrir nova licitação para retomada das obras do Parque Linear Macambira-Anicuns até o mês de junho. As obras estão paralisadas desde o mês de setembro do ano passado. E a parte 1 do primeiro cronograma de obras era para ter sido entregue no final de 2012.

O secretário extraordinário do programa, Denício Trindade, explica que caso não tenha nenhum problema jurídico, a licitação poderá ser aberta ainda neste primeiro semestre. “Se não houver nenhum impasse jurídico, eu acredito que até maio ou junho possamos publicar um novo edital de licitação,” planeja.

De acordo com Denício neste momento a prefeitura está tentando desligar totalmente a empresa EMSA dos processos relacionados ao programa Macambira Anicuns. Em seguida, o secretário deseja contratar uma nova incorporadora para executar a obra.

Por se tratar de uma licitação que usará recursos internacional, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Denício projeta um processo um pouco mais complexo que o habitual.

O Programa Macambira-Anicuns foi criado em 2003 pelo então prefeito Pedro Wilson. O projeto prevê a construção de espaços comunitários, quadras poliesportivas, pistas para caminhada, praças, orquidário, aquário, lagos, auditório, centros culturais, além de um parque linear.

Cerca de 350 mil pessoas devem ser beneficiadas com obras de infraestrutura urbana e social nos 131 bairros localizados nas proximidades do Córrego Macambira e do Ribeirão Anicuns. Financiado pelo BID o projeto prevê investimentos na ordem de 94 milhões e 500 mil dólares, dos quais 60% virão do BID e 40% da prefeitura.

Alguém acredita que agora sai?

(Com informações do portal da rádio 730)