Racha na aliança PT-PMDB: Agenor quer Iris; Mauro defende Paulo ou Gomide

Dois nomes de peso na aliança PT-PMDB explicitaram pela mídia nos últimos dias o racha que vive a coligação, que se manteve unida nas duas últimas eleições.

Como prefeito interino, numa entrevista cheia de simbolismos, Agenor Mariano defendeu que o candidato do grupo a governador em 2014 deve ser o ex-prefeito Iris Rezende. A declaração foi interpretada como um recado dos iristas a Paulo Garcia, que se movimenta intensamente para ser o ungido da aliança para a sucessão estadual.

Ato contínuo, o deputado Mauro Rubem declarou na imprensa que o PT tem de ter candidato a governador em 2014 e apresentou nos nomes de Paulo e Antônio Gomide como os preferidos.

Nesta verdadeira Torre de Babel política, o fato é peemedebistas e petistas não falam mais a mesma língua em relação a 2014 e que a lua-de-mel entre os dois partidos parece estar no fim.