Ferrovia Norte-Sul, que já consumiu R$ 4,2 bilhões e nunca viu um trem, é prova da incompetência de Dilma

Um dos blogueiros para influentes do país, Josias de Souza, que escreve no portal do UOL, publica artigo devastador, neste domingo, sobre a presidente Dilma Rousseff, que ele afirma ser uma farsa de marketing.

Josias diz que Lula e o marqueteiro João Santana inventaram na campanha de televisão, em 2010, que Dilma seria a gerentona ideal para tocar as grandes obras públicas brasileiras. “Fabricou-se apenas uma gestora de videoclipe”, acrescenta.

Segundo o blogueiro, todas as obras de importância no país, hoje, estão paralisadas ou atrasadas. Ele cita o exemplo da Ferrovia Norte-Sul como prova da incompetência de Dilma. Leia: “A Ferrovia Norte-Sul é o símbolo da improvisação. Sob Lula, foram 17 aditivos apenas no trecho Palmas (TO) – Anápolis (GO). Nesse pedaço de chão, enterraram-se R$ 4,2 bilhões sob trilhos que jamais sentiram o peso de uma composição ferroviária. Em 2011, primeiro ano da presidência da ex-Dilma, a Procuradoria da República farejou na obra desvios de R$ 71 milhões. Presidente da estatal responsável pela ferrovia durante a gestão Lula, José Francisco das Neves, o Juquinha, chegou a passar cinco dias na cadeia. Bloquearam-lhe os bens”.

Josias conclui: “Há dez dias, o PT levou ao ar uma propaganda partidária em que o locutor dizia a certa altura: ‘O Brasil é um dos cinco países com o maior volume de obras em andamento’. Foi nesse país das obras que não acabam que a ex-gerentona reuniu parte do seu gabinete no Dia dos Mortos. Distribuiu cobranças como se ainda acreditasse na possibilidade de criar um Brasil inteiramente novo. O otimismo é, por assim dizer, justificável. O tempo é curto. Mas caos não falta”.