Cileide Alves critica formação da equipe de governo do prefeito Paulo Garcia

A jornalista e editoria-chefe de O Popular criticou em artigo publicado na edição deste domingo do jornal a formação da equipe de governo do prefeito Paulo Garcia (PT). O texto de Cileide trata da antecipação do debate do debate eleitoral e as consequências – ruins, na opinião dela – que isso traz para a sociedade.

“No Paço Municipal a acomodação dos interesses dos mais de dez partidos que apoiaram a reeleição do prefeito Paulo Garcia também deu o tom da formação do secretariado”, escreveu a jornalista em seu artigo “Lógica da eleição”.

Cileide também avaliou as mudanças realizadas no governo estadual. Na visão dela não houve alterações significativas. “Em Goiás tanto a pequena reforma administrativa promovida pelo governo quanto a montagem do secretariado do Paço foram conduzidas para acomodar os interesses políticos e, consequentemente, reestruturar as bases de cada governo para 2014. A qualidade da gestão pública ficou em segundo plano”, diz trecho do artigo.

“O governo chegou a projetar uma reforma administrativa ampla para depois das eleições. A intenção era resolver gargalos administrativos, dar eficiência à administração, além, claro, de fazer a nova costura política pós-eleição municipal. A reforma minguou e terminou apenas com pequenas mudanças, e só para atender aliados”, completou a jornalista.