OAB critica Major Araújo por propor “bolsa arma” municipal: “arma é eficiente para ataque, e não defesa”

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) seção Goiás é contra a proposta do deputado Major Araújo (PRP), pré-candidato a prefeito de Goiânia, de criar o Bolsa Família Municipal.

Para o presidente da Comissão de Segurança Pública da OAB, Edemundo Dias, este assunto deve ser discutido em âmbito nacional. “A OAB se posiciona contra o livre porte de arma. Como profissional da segurança pública, aprendi que arma é um eficiente instrumento de ataque e não de defesa. Portanto, apesar de ter grande apelo popular, o uso de arma pela população pode acabar fomentando ainda mais a violência”.

Nesta quinta-feira, Major, que é pré-candidato a prefeito, publicou vídeo no Facebook em que defende a criação de uma “Bolsa Arma” pela Prefeitura de Goiânia. A proposta é dar subsídio de R$ 1 mil para o cidadão que quiser comprar a sua pistola.