O Popular: Paulo Garcia entregará folha de pessoal “inchada”, com penduricalhos que chegam a quase R$ 100 milhões

 

O prefeito eleito Iris Rezende, do PMDB, vai assumir a Prefeitura de Goiânia com uma folha de pagamento totalmente desequilibrada.

É o que revela reportagem de O Popular, neste domingo, mostrando que, só em penduricalhos (gratificações, bônus, horas extras, adicionais e outros artifícios), o valor dispendido mensalmente chega a quase R$ 100 milhões de reais.

Apesar do prefeito Paulo Garcia ter garantido que resolveu a questão dos supersalários pagos a funcionários municipais, O Popular mostra que há dezenas de servidores ganhando entre R$ 30 e 60 mil reais por mês, inclusive na Comurg, onde um assessor administrativo recebeu R$ 61 mil reais em outubro.

Os penduricalhos sem controle correspondem a praticamente 50% da a folha de pagamento do município, conclui a reportagem.