Mais uma farsa: empréstimo de 100 milhões de dólares, que Paulo Garcia disse ter deixado para Iris já aprovado, não vai sair do papel tão cedo: falta a autorização do Senado

 

O empréstimo de US$ 100 milhões de dólares, para investimento na reforma do asfalto das ruas e avenidas de Goiânia, que hoje se encontram em estado precário, não vai se transformar em realidade tão cedo.

Paulo Garcia, antes de deixar a Prefeitura, trombeteou aos quatro ventos que estava deixando o empréstimo já autorizado e pronto para ingressar no caixa da Prefeitura.

Mas não é verdade, leitor amigo. O empréstimo, se é que está viabilizado junto a um banco internacional especializando em fomento da América Latina, ainda depende de uma etapa delicada, que é a aprovação pelo Senado Federal – exigida em lei, até hoje sequer solicitada.

Ou seja: é mais uma farsa das tantas que foram irresponsavelmente vendidas nos estertores do mandato do pior prefeito de Goiânia de todos os tempos. Não existe empréstimo algum e não existirá por um longo tempo.