Oposição: Vanderlan afirma que abandonou PMDB por causa do “caciquismo” de Iris

vanderlanfiodiretoO ex-prefeito de Senador Canedo Vanderlan Cardoso (sem partido) disse que abandonou o PMDB em 2012 por causa do “caciquismo” do ex-prefeito Iris Rezende (PMDB). O ex-prefeito seguiu as mesmas pegadas do ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles, que deixou o partido em 2010 por não encontrar espaço para participar da sucessão estadual. “Se há alguém em Goiás que pode dizer ser candidato a governador, esse alguém sou eu”.

Em entrevista ao jornal Diário da Manhã, Vanderlan é taxativo: não apoia uma eventual candidatura do ex-prefeito Iris Rezende (PMDB) ao governo em 2014. Como já noticiou o site Goiás 24 Horas, a tendência é que o próprio Vanderlan seja também candidato, contra Marconi Perillo (PSDB), Iris e Júnior Friboi (PSB).