Como pode? Dona Iris assiste ao fechamento da maternidade que leva seu nome sem tomar providência

A Maternidade Dona Iris parece condenada a atrofiar antes do fechamento definitivo. E nem a primeira-dama do município, que empresta o nome ao local e é pré-candidata a deputada federal, toma providências para impedir o desastre. Talvez falte alguém que diga a ela, ao pé do ouvido, que o seu nome está vinculado a muitas notícias negativas nos próximos meses se a maternidade fechar mesmo as portas.

Clique aqui para assistir matéria do G1 sobre a agonia da maternidade Dona Iris.