Iris diz que em fevereiro (fevereiro!) começará a discutir data base de 2017

Em reunião com servidores da saúde na manhã desta quinta-feira, o prefeito Iris Rezende (PMDB) pediu ao funcionalismo público “paciência” e disse que só em fevereiro vai começar a discutir a data-base de 2017 (que deveria ter sido concedida em março), sob argumento de que a administração está sem dinheiro (em que pese o gasto de R$ 8,1 milhões com publicidade neste ano).

O vereador Jorge Kajuru (PRP) afirmou que pedirá afastamento do prefeito por improbidade caso mantenha a resistência em conceder a data-base à categoria.