No DM, Suely Arantes volta a fazer críticas à forma de divulgação do trabalho do governador

Fio Direto, do Diário da Manhã, publica que a coluna “não critica” a “intensa agenda” do governador Marconi Perillo; pelo contrário, costuma divulgá-la.

“A crítica é ao excesso de bajulação com matérias impositivas e intensas que, ao invés de conquistar leitor e eleitor, passam a imagem de prepotência, gerando antipatia e comentários negativos nas redes sociais.”

Em outro trecho, a coluna indica que Marconi Perillo não precisa de “matérias melosas de escribas interesseiros”, e que sua “bem-sucedida” trajetória política, “a bordo” das grandes realizações que fez e continua fazendo em Goiás, é o que escreverá seu nome na história.

A coluna ressalta ainda que o “exagero sufoca” e o “puxa-saquismo diminui” quem o pratica. “Vale lembrar que os bichos mais peçonhentos são os que rastejam. E mais venenosos também”.