AD

Deputado Luiz Carlos do Carmo, cuja filha foi assassinada, dá sermão em Mauro Rubem

Defensor ferrenho dos chamados direitos humanos, o deputado Mauro Rubem (PT) foi duramente criticado pelo colega Luiz Carlos do Carmo (PMDB), durante sessão desta terça-feira, na Assembleia de Goiás.

Luiz do Carmo pediu licença ao petista, mas discursou de modo duro que não aceita as desculpas dos defensores dos direitos humanos em dar respaldo aos criminosos que estão presos.

O peemedebista fez um desabafo emocionado e pediu punições mais pesadas aos criminosos. Para ele, a liberalidade ajuda no aumento da criminalidade.

Luiz do Carmo reclamou ainda que há quase um ano da morte da filha ainda não recebeu a visita dos apoiadores dos direitos humanos.