Projeto de Vitti é aprovado: a partir de agora, deputado que faltar sem justificativa terá salário cortado

Projeto de lei apresentado pelo presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), assinado por outros 30 deputados, foi aprovado em primeira votação na sessão desta quinta-feira, 14.

A matéria altera o Regimento Interno da Casa e permite corte no salário dos deputados gazeteiros. A grande maioria dos deputados apoiou o projeto.

Líder da oposição, deputado José Nelto (PMDB) fez questão de registrar que as bancadas oposicionistas votariam pela aprovação da matéria. Parlamentares da base aliada também respaldaram o projeto.

De acordo com a proposta aprovada, a ausência do deputado nas sessões plenárias ou nas reuniões das comissões, sem justificativa plausível, será considerada falta, acarretando o corte proporcional na remuneração.

Com a nova regra, além da adoção do ponto biométrico no registro de presença dos deputados, Vitti espera acabar com a gazeta e garantir quórum nas sessões e nas votações de matérias nas comissões e no plenário.