“Não é cargo meu”, diz vereador Clécio sobre filho Luan na prefeitura

O vereador Clécio Alves (MDB) afirmou nesta quarta-feira que não foi ele que indicou o filho Luan Deodato Alves para o cargo de superintendente da Juventude de Goiânia. “Aquele cargo não é meu e o prefeito Iris Rezende convidou porque quis”, disse Clécio.

O vereador também chamou de “lixo” o Goiás 24 Horas por informar que Luan é funcionário da prefeitura. Eis o contexto: no começo da manhã de terça, o prefeito Iris Rezende (MDB) disse em entrevista à rádio 730 AM que nomeia parentes de vereadores na prefeitura porque eles não podem trabalhar na Câmara, por impedimento legal.

Daí, o blog informou que um destes parentes nomeados é o filho do vereador Clécio.