Semana começa com superlotação nos cais de Goiânia

A reportagem da TV Anhanguera mostrou nesta segunda-feira, no Jornal Anhanguera 2ª Edição, que a semana começou com superlotação na precária rede pública de atendimento de saúde em Goiânia.

A repórter Terciane Fernandes conversou com a dona de casa Amanda Marilda Arantes, que levou a filha recém-nascida na sexta, no sábado, no domingo e hoje novamente atrás de atendimento médico no Cais de Campinas. E não conseguiu. “Até quando eu vou ficar na fila com ela? Até ela morrer?”.

No fim de semana, a repórter Ludmilla Rodrigues fez um giro pelos Cais da Capital e encontrou pessoas chorando.

Cenário de guerra. A demora, segundo a secretaria de Saúde, é porque prioriza os casos mais graves.

Clique aqui para assistir à reportagem.