“Atribuir crise da saúde de Goiânia a pacientes de outras cidades é injustiça”, diz secretário

O secretário estadual de Saúde, Leonardo Vilela, rebateu argumento comumente usado pela prefeitura de Goiânia de que a crise na rede de saúde municipal é culpa de pacientes que vêm do interior.

“É no mínimo uma injustiça, porque o SUS paga por todos os pacientes que a prefeitura atende”, diz o secretário. “E tem mais: quando um ou outro município tenta cortar a pactuação com Goiânia, é a própria secretária que não deixa. Ou seja: reclama de um lado, mas não quer parar de receber pacientes do outro”, disse Leonardo.