Silvio Fernandes avisa: Paço não desistirá de pacote de maldades na previdência de Goiânia

O presidente do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais (IPSM) da prefeitura de Goiânia, Silvio Fernandes (DEM), afirmou nesta quinta-feira ao jornal O Popular que não desistirá de aprovar na Câmara de Vereadores o pacote de maldades que engendrou para a Previdência do funcionalismo público da cidade.

Silvio ainda fez terrorismo, dizendo que a Capital está “à beira do precipício”.

O pacote prevê, entre outras maldades, o aumento da alíquota de contribuição previdenciária de 11% para 14% do salário.