“Iris multa, mas dinheiro não é investido no trânsito”, diz motorista. Assista

No dia em que 21 novos radares de trânsito começaram a funcionar e a prefeitura de Goiânia anunciou faturamento de R$ 29 milhões com multas a motoristas, o Jornal Anhanguera perguntou ao cidadão se ele vê o dinheiro das punições ser revertida em melhorias para Capital. A resposta é não. 

Veja o que disse um motorista: “Não tá tendo investimento nenhum de retorno de multa. Pelo contrário, o trânsito tá mais complicado, o asfalto tá com muito buraco e a sinalização tá horrível. Você pode olhar aqui a faixa tá apagada, então tá muito ruim”.

Até a presente data, a prefeitura arrecadou R$ 29 milhões com multas em 2018. 

Clique aqui para assistir à reportagem.