Coluna Giro: Caiado não dá moral a Iris. Desde a eleição, ele não conversa com o prefeito

A coluna Giro (O Popular) deste sábado traz a informação que Ronaldo Caiado e Iris Rezende não conversaram pessoalmente desde que o demista (o jornal usa “democrata” de forma equivocada) venceu as eleições em Goiás. A desculpa de interlocutores dos dois é que a agenda do governador eleito não permite.

Conversa fiada.

A verdade é que Caiado ficou magoado com o apoio irista a Daniel Vilela e, principalmente, o prefeito passou a ter papel periférico na política goiana.

Faz uma administração mal avaliada, perdeu o poderio eleitoral ao não eleger a mulher Iris Araújo como deputada federal e não manda mais nem no MDB.

Resumindo, para quê conversar com Iris?