José Eliton deixa palácio de cabeça erguida, com dignidade e não fecha as portas da política

O governador José Eliton (PSDB) entra para a história política de Goiás como modelo de gestão de transição e transmissão do cargo e da administração para o sucessor, o senador e agora governador de Goiás Ronaldo Caiado (DEM).

Eliton, acompanhado de Fabrina Müller, cumpriu com republicanismo e elegância o rito de transmissão do governo e da faixa de governador para Caiado. Com isso, apesar da derrota no primeiro turno, deixa o Palácio das Esmeraldas com a cabeça erguida e muita dignidade.

Muito diferente do antecessor de Marconi Perillo, Alcides Rodrigues, que depois de fazer uma gestão desastrosa, não compareceu à solenidade transmissão do cargo para o tucano e Eliton, em 1.º de janeiro de 2011. Eliton pratica, assim, a nova e boa política, deixando abertas as portas para a continuação de sua vida pública.