Traído pelo PSL e Bolsonaro, João Campos sai maior do que entrou da disputa da presidência da Câmara. Goiás perdeu muito

O deputado federal João Campos perdeu as chances de ser eleito presidente da Câmara ao ser traído pelo PSL e por Bolsonaro, que decidiram apoiar Rodrigo Maia.

Mas o goiano saiu maior do que entrou da disputa.

Goiás perdeu muito com a reviravolta.