Na Jovem Pan, Caiado insiste em acusações sem provas aos governos anteriores e não sai do discurso fiscalista

O governador Ronaldo Caiado deu entrevista nesta manhã para a Jovem Pan de São Paulo e repetiu o mesmo lenga-lenga que vem dizendo para a imprensa goiana. Sem apresentar provas, ficou falando que os governos anteriores cometeram crimes fiscais e repetiu que a situação de Goiás é alarmante.

Goiás, no entanto, não se enquadra no Regime de Recuperação Fiscal e Caiado precisa seguir a vida, começar a governar de verdade. O salário de dezembro mesmo ele ainda não disse quando pretende pagar. Os servidores vão começar as greves em breve.