Calote de dezembro: cresce sem parar número de escolas sem aulas em resposta ao atraso nos salários

Em Goiânia, o Colégio Estadual Irmã Gabriela aderiu ao movimento. Em Aparecida, o maior colégio da cidade, o Dom Pedro 1º, com 700 alunos, também está sem aulas. Também no município da Grande Goiânia estão sem aulas os alunos do Colégio Estadual Cruzeiro do Sul. A Escola Estadual Delcides Ferreira de Moraes, de Caldas Novas, anunciou hoje a suspensão das aulas.

Em Anápolis, professores e servidores técnico-administrativos do Colégio Estadual Professor Heli Alves Pereira foram à unidade, mas comunicaram aos pais e alunos que não haverá aulas até que o governo Ronaldo Caiado (DEM) apresente uma solução para o calote. O mesmo fizeram os professores e funcionários do Colégio Estadual Joaquim Tomaz Ferreira da Silva, em Colinas do Sul.