Calote de dezembro: professores de Silvânia seguem orientação do Sintego e fazem paralisação

Os alunos de quatro das cinco escolas da rede estadual de Silvânia estão sem aulas nesta quinta-feira. Os professores e servidores técnico administrativos da rede seguiram a orientação do Sintego e estão paralisados em protesto contra o calote nos salários de dezembro pelo governo Ronaldo Caiado (DEM).

A paralisação atinge o Colégio Estadual Moisés Santana, o Colégio Estadual Dom Emanuel, o Colégio Estadual Professor José Paschoal da Silva e no Ginásio Anchieta, unidade conveniada com o Estado. Até o final da tarde de ontem, 60% das mais de 1.100 escolas estaduais estavam sem aulas, segundo dados do Sintego e do movimento Mobilização de Professores de Goiás (MPG).