Não tem dinheiro? Ipasgo “encontra” R$ 123 milhões para pagar rede conveniada

Nesta sexta-feira (25), por exemplo, a direção do Ipasgo anunciou a liberação de R$ 123 milhões para a quitação de parte dos valores devidos a seus prestadores de serviços. O instituto tem receita própria, mas seu fluxo de caixa comprova que a situação fiscal do Estado é administrável.

O mais curioso é que o mesmo presidente do Ipasgo, Silvio Fernandes, que afirmou ontem não haver recursos para pagar as contas anunciou hoje a liberação dos recursos. “Em reunião com prestadores de serviços de saúde nesta sexta (25), o presidente do Ipasgo anunciou que pagará R$ 122,9 milhões para a rede credenciada em 6 de fevereiro”, informa o site do jornal O Popular.