Fim do Popular: furado em tempo real pelo Jornal Opção e G24H, jornal resume cobertura da eletrizante disputa na Assembleia a uma nota fria no Giro

Que O Popular vive grave e profunda crise editorial e de qualidade todos já sabem. O jornal, tanto na edição impressa como na online, não consegue mais acompanhar a dinâmica do noticiário e a velocidade da internet.

Exemplo claro deste descompasso está na cobertura da eletrizante disputa pelo comando da Assembleia. Os leitores do Popular, seja no papel, seja digital, não tiveram acesso à verdadeira montanha russa dos fatos nos últimos dias, em especial da quarta-feira. Sucessão de reviravoltas como há muito não se via na política goiana.

E o que fez o jornal: limitou o turbilhão de informações a uma única nota na coluna Giro, na edição desta quinta-feira. E uma nota sem novidade alguma.

O leitor merece mais.