Tabelona de indicações políticas para Educação desmascara Caiado: o critério de escolha não era técnico?

A tabelona de indicações políticas para as coordenações regionais da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) em 40 municípios desmonta mais uma jogada de Ronaldo Caiado (DEM) para a plateia. Afinal, não foi o governador quem garantiu que as escolhas dos ocupantes dos cargos seriam técnicas? Não é o que a lista apurada pelo G24Horas revela.

Segundo a relação, os cargos de coordenadores regionais estão sendo divididos entre deputados federais, deputados estaduais, prefeitos, o vice-governador Lincoln Tejota (PROS) e o secretário de Governo, Ernesto Roller (MDB). A relação de nomes, bastante extensa, é complexa e marcada por disputas entre aliados nas nomeações nas maiores regionais: 18 padrinhos fizeram 75 indicações.