No tour por Brasília, Tejotinha tenta enquadrar deputados federais. O vice caiadou?

No tour que fez nesta quarta-feira (6/2) em Brasília, o vice-governador Lincoln Tejota (PROS) resolveu dar uma de Ronaldo Caiado (DEM) e foi ao Congresso Nacional para tentar enquadrar a bancada federal de Goiás. “Os interesses do nosso Estado devem estar acima de questões partidárias, em benefício da população de Goiás”, avisou Tejotinha, segundo sua assessoria, a 13 dos 17 deputados federais goianos.

O que o vice-governador, afinal, quis dizer? Que em vez de trabalharem para si próprios, para seus mandatos, os parlamentares devem servir a Caiado? Os mais desavisados podem até pensar que Tejotinha estaria cumprindo a missão de cobrar dos deputados a fatura de cargos e participação programática na administração. Quem acompanha o noticiário político sabe que o governador não só não dividiu o poder mas deu de ombros para os compromissos assumidos na campanha após vencer as eleições.

Foi a segunda “rata” do vice-governador em dois dias. Ontem, Tejotinha esteve com o novo presidente da Assembleia, Lissauer Vieira (PSB), para, em suas palavras, “estender a mão para o Legislativo”. Das duas uma: ou o vice pirou ou caiadou.