Exclusivo: coronéis da PM criticam comandante-geral por não defender Kárison da perseguição política de Caiado

O G24H recebeu várias manifestações de coronéis da PM criticando o comandante-geral, coronel Brum, por não defender o colega Kárison Sobrinho da perseguição política de Caiado. Ele foi afastado do comando da Academia da Polícia Militar.
“Comando fraco !! Não defendeu um coronel”, protestou um deles.

“Vai defender quem ?”, perguntou outro.

“Está com medo de cair do Comando”, afirmou um terceiro.
Todos pediram para não ser identificados.