Urgente: Caiado tira o corpo fora e diz que decisão sobre redução de salário dos servidores vai ser do STF

Em entrevista ao Jornal Anhanguera, o governador Ronaldo Caiado afirmou, com todas as letras, que a decisão sobre a possibilidade de o Estado reduzir salário dos servidores será de total responsabilidade do Supremo Tribunal Federal. Numa carta assinada pela supersecretária Cristiane Schmidt, Caiado pede respaldo do STF que ele possa ter o direito de mexer no salário dos servidor e assim cumprir o tão propalado ajuste fiscal.

O que Caiado é inconstitucional. Direitos adquiridos pelos servidores não podem ser exterminados por Caiado ao seu bel prazer. O governador está comprando uma briga grande demais.