Ao GO24H, promotor que investiga suspeita de corrupção na prefeitura de Formosa diz que achou tanto documento que terá de fatiar investigação

O promotor Douglas Chegury, responsável pela operação que investiga suspeitas de corrupção no mandato do ex-prefeito de Formosa Ernesto Roller, disse, em entrevista exclusiva ao Goiás 24 Horas, que a diligência encontrou tanto documento importante na sede do poder Executivo que ele tomou a decisão de fatiar a investigação. 

Isto quer dizer que o Ministério Público não vai propor apenas uma ação contra os envolvidos no suposto escândalo de corrupção, mas várias. O filé mignon são os balancetes relativos a obras de pavimentação asfáltica e operações de tapa-buraco.