Com rombo de 60 milhões, Paulo do Vale coloca Rio Verde em segundo lugar no ranking das piores gestões municipais

Levantamento publicado na edição deste domingo (17) do jornal O Popular aponta Rio Verde, município administrado pelo prefeito Paulo do Vale (MDB), com o segundo pior resultado financeiro no estado. Os dados constam de relatório fiscal elaborado pelo Tribunal de Contas dos Município (TCM).

De acordo com o levantamento do TCM, que apresentou o ranking dos piores desempenhos entre todos os 246 município de Goiás, Rio Verde, acumulou déficit de 59,3 milhões de reais em 2018, observado o comparativo entre a arrecadação e as despesas empenhadas.

O TCM foi categórico no relatório sobre o desempenho financeiro dos municípios e aponta a má gestão e a irresponsabilidade fiscal como causas do rombo nas contas prefeituras goianas, .

No caso de Rio Verde, um dos municípios mais ricos do estado e segundo no ranking 10 dos piores desempenhos financeiros, o rombo de quase 60 milhões de reais é decorrência direta da má gestão da prefeito emedebista Paulo do Valle.