Hipocrisia: Caiado reclama de “ataque a família” por conta de baile funk, mas ele fez isso com Marconi e Lula

Para tentar se defender da péssima repercussão do baile funk que fez para as filhas no Palácio das Esmeraldas no sábado, o governador Ronaldo Caiado (DEM) apelou para o que definiu, na nota que divulgou quase 24 horas depois do festão, como ataque à sua família.

Não se trata de ataque, mas de um debate necessário sobre a moralidade do baile na residência oficial e sobre como a festa foi paga. A reação é pura hipocrisia, porque quando estava na oposição, Caiado não poupou as famílias do ex-governador Marconi Perillo (PSDB) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nos embates políticos.

O noticiário na internet está repleto de ataques de Caiado aos filhos e às esposas de Marconi e Lula.