Promotora Carmem Lúcia: “Pagamento dos servidores tem caráter alimentar; tem prioridade sobre qualquer despesa”

Na entrevista que deu para TV Anhanguera, a promotora Carmem Lúcia Santana, que fez o pedido de bloqueio das contas do Estado, afirmou categoricamente que o “pagamento dos servidores tem caráter alimentar”, ou seja, os servidores dependem do salário para o sustento de suas famílias. A promotora foi clara: “o pagamento tem prioridade sobre qualquer outra despesa do Estado”.

Na sua petição, Carmem Lúcia também destacou a “natureza alimentar” do pagamento para justificar o pedido de bloqueio das contas.