Caiado precisa deixar rancor de lado e governar de verdade. Senão, tudo vai fracassar

O governador Ronaldo Caiado bem que poderia agir de verdade no embalo da foto desse post, o já eternizado coraçãozinho. O problema é que o gesto feito para os professores, na Assembleia, foi de puro deboche e provocação. A cada dia, fica provado que Caiado está sendo movido pelo rancor. Para ser governador de verdade, ele precisa deixar de lado esse sentimento e administrar como um verdadeiro republicano.

Caiado não pagou o salário de dezembro por rancor a Marconi e Zé Eliton. Também vem introduzindo medidas duras contra os servidores para mostrar que é durão e não negocia. Os sindicatos e servidores pressionam, mas Caiado é irredutível. Vai pagar parcelado em seis vezes e quando puder. Agora, Caiado deu aval para a secretária Cristiane Schmidt trocar o todo o quadro de auditores fiscais da Sefaz. O motivo: dar uma basta nos “marconistas”.

O Sindfisco já reagiu e condenou a perseguição gratuita de Caiado aos servidores efetivos. A estrutura do governo também está na pegada de Caiado e vem sendo usada para massacra Marconi e o legado deixado pelo ex-governador. A OVG, comandada pela primeira-dama Gracinha, decidiu fechar o Restaurante Cidadão de Aparecida de Goiânia, que foi criado por Marconi.

Portanto, ou Caiado esquece esse rancor corrosivo ou vai fracassar em tudo que fizer!