O retrato perfeito do governo Caiado: totalmente no buraco

O goiano mais pessimista não esperava um início de governo Caiado tão claudicante. Nesses 70 dias de administração caiadista, já vimos uma enxurrada de crises. Caiado não conseguiu mostrar o que planeja para Goiás. Está atolado num poço de ressentimento e ódio. Não existe uma agenda de ações que visam o desenvolvimento do Estado. Tudo é pensado para cutucar, provocar e atacar governos anteriores.

A relação com o funcionalismo foi detonada em apenas dois meses. Caiado não pagou o restante de dezembro e ainda jogou o pagamento dos aposentados e inativos para o dia 10. As estradas estão sem manutenção. A Goinfra é comandada por dois primos do governador e apenas terceiriza o serviço para prefeituras.

No Materno Infantil, crianças estão sendo internadas no corredor do hospital. E o que Caiado vai fazer? Politicagem pura e simples. Vai leiloar dois carros que eram usados no transporte dos governadores em gestões passadas. O valor é irrisório diante da crise do Materno. Não vai resolver o problema.

Portanto, o governador Caiado está mal. Literalmente, no buraco!