Urgente: debandada de vereadores da base do prefeito Paulo do Vale em Rio Verde

Desgastado com o caos administrativo e financeiro instalado na prefeitura, o que sinaliza um final de mandato melancólico, o prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale, fragiliza-se politicamente e vê esfacelar sua base de apoio na Câmara de Vereadores.

 

O vereador Elecir Casagrande (SD) articula a debandada de vereadores insatisfeitos com Paulo do Vale, que foi expulso do MDB por traição . Eles reclamam da falta de atenção do prefeito e a má gestão da prefeitura, que apressar de arrecadar mais de R$ 70 milhões por mês, não tem uma obra importante no município que justifique o mandato.

 

Casagrande abriu linha dos vereadores com o presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (PSB), hoje o político mais importante de Rio Verde e do Sudoeste de Goiás, que já antecipou que não será candidato a prefeito.

 

O nome mais cotado para disputar a prefeitura é o do ex-prefeito Juraci Martins (PSD). Casagrande anota que seu irmão e também, vereador em Rio Verde, Luciano Perpétuo (PSB), pode ser opção consistente para a vice.